esse imenso mar…

Como dizer o que se sente,  se o tempo vem devorando seus calcanhares?Estávamos bem próximo de chegar a um lugar que não sabiamos ao certo, se era mesmo o que desejavamos…mas uma espécie de orgulho de ter ido tão distante desde aquela primeira idéia ja nos fazia homens maiores, agigantados pelas façanhas…heróis de nós mesmos…criadores de fábulas múltiplas…donos de nossas cabeças…queriamos viver mais e ainda não sabiamos a diferença real de viver e de durar para o todo sempre…tudo que tinhamos eram nossas velhas e novas “estórias”…marulho nascia de um parto dificil, tão grande, belo  e denso como o mar…porque a vida é assim…a gente nasce  e morre…como o marulho desse imenso oceano…desse rio, desse mar…

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s