O rio…

No fluxo do rio não há tempo nem lugar, apenas continuidade. O rio está em todos os lugares ao mesmo tempo, portanto, o tempo linear – passado, presente e futuro – não pode fazer parte dele. O que existe é o momento presente aos olhos do observador, que é um ser situado no espaço e no tempo, criado por ele mesmo como ponto de referência. Desta maneira, o que ele pode conter é apenas aquele pequeno recorte do rio, não sendo possível antever o seu destino. Mas a dúvida persiste: qual a direção do rio? Qual o destino das águas? A resposta é simples: não podemos saber, pois as águas só possuem a certeza da mudança a cada obstáculo, a cada bifurcação encontrada em seu trajeto. A única certeza é que o rio somente existe porque há um observador para contemplá-lo, caso contrário, ele desapareceria.

Pedro Paulo Monteiro

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s